Belo-horizontinos de 53 a 54 anos recebem, entre sábado (18) e segunda-feira (20), a segunda dose da vacina contra a Covid-19 na capital mineira. O grupo irá completar o esquema vacinal com o imunizante da AstraZeneca. 

Nesta sexta (17), conforme informou a PBH, haverá repescagem da terceira dose para idosos de 81 a 79 anos e de 88 a 86 anos, cuja segunda aplicação tenha sido há seis meses com o imunizante da CoronaVac, podendo faltar, no dia da repescagem, até 15 dias para completar esse prazo.

Confira o cronograma para os próximos dias:

  • Dia 17, sexta-feira: repescagem da dose de reforço para idosos de 81 a 79 anos e de 88 a 86 anos, cuja segunda dose tenha sido aplicada há seis meses, ou que faltem até 15 dias para completar esse prazo
  • Dia 18, sábado: segunda dose para pessoas de 54 anos, vacinadas com a AstraZeneca. Só poderão tomar a segunda dose nesse dia pessoas de 54 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 25 de setembro
  • Dia 19, domingo: não haverá vacinação
  • Dia 20, segunda-feira: segunda dose para pessoas de 53 anos, vacinadas com a AstraZeneca. Só poderão tomar a segunda dose nesse dia pessoas de 53 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 27 de setembro

De acordo com a administração municipal, os idosos de 79 anos ou mais que receberam a vacina AstraZeneca não devem comparecer aos locais de vacinação e devem aguardar o intervalo de seis meses.

Locais, horários e o que levar

Para tomar o reforço, é necessário apresentar o cartão de vacina, documento de identidade, comprovante de residência em BH e CPF. Aqueles que precisam concluir o esquema vacinal podem acessar os locais por tipo de imunizante.

O horário de funcionamento dos pontos de vacinação, em dias úteis, é das 8h às 17h, para pontos fixos e extras, e das 8h às 16h30, para drive-thru. Há também quatro pontos de vacinação com horário noturno até às 20h. Já aos sábados, os postos fixos e extras funcionam das 7h30 às 14h, e os pontos drive-thru das 8h às 14h.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as pessoas convocadas devem se vacinar apenas nos locais listados para cada grupo, devendo checar os endereços, disponibilizados no portal da prefeitura, antes de se deslocar aos pontos de imunização.

Leia mais:
Secretários de Saúde pedem posicionamento da Anvisa sobre vacinação de adolescentes contra a Covid
Após recomendação, BH decide não vacinar adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidade nesse momento
'Pegou todo mundo de surpresa, um absurdo', diz médico sobre suspensão da vacinação de adolescentes