Representantes da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) se reúnem, na tarde desta quarta-feira (5), com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19. A participação de Alexandre Kalil (PSD) não foi confirmada.

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, o objetivo do encontro, iniciado por volta das 14h, é avaliar o cenário da pandemia. Dentre os temas em discussão, pode haver sinalização de avanço ou retrocesso no funcionamento do comércio da cidade.

Com a proximidade do Dia das Mães, a cobrança de expositores para a reabertura da Feira Hippie no Centro também deve ser discutida. Atualmente, bares, restaurantes, salões de beleza e academias podem abrir as portas (veja regras abaixo) em BH. 

Nessa terça-feira (4), o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) apontou que os casos de Covid-19 em BH superaram a soma das notificações na região metropolitana. A prefeitura informou que, caso ocorram decisões, elas serão divulgadas ao longo do dia.

Confira os horários de funcionamento de alguns estabelecimentos:

- Bares e restaurantes: das 11h às 16h, de segunda a sábado, com venda de bebida alcoólica. Aos domingos, apenas delivery ou retirada no formato drive-thru

- Comércio varejista e lojas de material de construção: 7h às 21h

- Restante do comércio não essencial: das 9h às 20h, de segunda a sábado

- Shoppings: das 10h às 21h, de segunda a sábado

- Salões de beleza, centro de estética e academias de ginástica: sem restrição, com marcação de horário

- Estabelecimentos no formato drive-in: das 14h às 24h

Leia mais:
Opas: medidas de prevenção seguem necessárias mesmo com vacinação

Minas se aproxima de 35 mil vidas perdidas pelo coronavírus; vídeo detalha a situação da pandemia
Vale oferece 70 vagas para pessoas com deficiência em Minas; veja como participar