PBH mantém dois centros de saúde em atendimento 24h para casos não Covid

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
29/06/2021 às 10:52.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:17
 (Antônio Rodrigues/PBH/Divulgação)

(Antônio Rodrigues/PBH/Divulgação)

A Prefeitura de Belo Horizonte reduziu de três para dois o número de centros de saúde com funcionamento 24 horas e que atendem casos de baixa e média complexidade não respiratórios. Os demais postos, que por um período também chegaram a funcionar de forma contínua, mantém o atendimento no horário regular, de 7h às 19h.

Conforme informou a administração municipal, apenas os centros de saúde Barreiro de Cima, na região do Barreiro, e Santa Terezinha, na Pampulha, seguem em funcionamento 24 horas. A medida ocorre após uma redução na procura por atendimento no Centro de Saúde Santa Mônica, em Venda Nova.

Em março, diante do aumento expressivo na demanda nas UPAs da capital, provocado pela Covid-19, a prefeitura estruturou nove unidades, uma em cada regional, pra atendimento 24 horas. Sete delas tiveram o funcionamento normalizado em maio.

No total foram realizados, até o dia 27 de junho, cerca de 35 mil atendimentos nos locais. Ainda de acordo com a PBH, as nove UPAs do município seguem atendendo ininterruptamente, todos os dias.

“A prefeitura avalia diariamente o cenário epidemiológico do município e, havendo necessidade, poderão ser retomadas da estratégia com a ampliação do funcionamento das Unidades 24 horas, para garantir a assistência da população”, disse em nota.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por