Para qualquer pessoa, é lindo de se ver. Porém, os tradicionais shows de fogos de artifícios na virada do ano podem prejudicar os bichinhos de estimação. 

cão cachorro

O barulho dos foguetes pode provocar estresse, nervosismo e medo em cães e gatos. A veterinária Thaís Matos, da DogHero, dá dicas de como evitar o sofrimento do pet. Confira:

  • Mantenha portas e janelas fechadas

Cães e gatos podem sentir medo devido ao volume alto das explosões e ao brilho das luzes. Feche portas e janelas, além de cobrir com cortinas para deixar o ambiente mais seguro. Tudo isso ajuda a abafar o ruído dos fogos e a ameniza o impacto das luzes. Outra opção é ligar a televisão ou rádio, pois é possível disfarçar o barulho das explosões.

  • Use a técnica da faixa para cachorro

Muitos cães encaram os fogos de artifício como uma ameaça por ser algo bastante ruidoso e inesperado. Uma das principais dicas é utilizar uma faixa chamada de “Tellington Touch” (TTouch). A técnica consiste em passar uma atadura em alguns pontos do corpo do cãozinho para que ele se sinta mais seguro. Basta utilizar uma faixa, bandagem ou um pano.

  • Torne o momento prazeroso para o seu cachorro

Para acalmar o pet, mostre confiança. Não brigue com ele, faça carinho, use brinquedos e dê petiscos durante as explosões dos fogos.

  • Não deixe o cachorro preso em coleiras ou correntes

Como o amigo de quatro patas pode ficar muito alterado durante a passagem de ano, evite deixá-lo preso. Ao tentar fugir, ele pode se machucar ou até mesmo se enforcar. 

  • Evite deixar muitos cachorros e gatos em um mesmo local

Muitas pessoas acreditam que deixar todos os pets juntos, em um mesmo ambiente, irá acalmá-los. Porém, pode dar confusão. Eles ficam estressados e agressivos, o que pode gerar brigas e machucados.

Leia Mais:

Perigo na balança: obesidade provoca doenças e diminui expectativa de vida de cães e gatos

Se correr, o bicho gosta! Atividade física garante bem-estar ao animal e ainda evita doenças

Pet ajuda no envelhecimento saudável, diz pesquisa