Tendo em vista que os próximos dias continuarão frios em Belo Horizonte, o plano de contingência da prefeitura para pessoas em situação de rua foi estendido até a próxima segunda-feira (9). Anunciado em 29 de julho, o plano tem como objetivo abrigar e proteger essa população, com políticas voltadas ao acolhimento e serviços de saúde. 

As orientações e órgãos municipais envolvidos serão os mesmos divulgados anteriormente. Relembre os protocolos:

Centro de Operações (COP): a estrutura do COP da BHTrans no bairro Buritis, na região Oeste de BH, está sendo usada para monitoramento, 24 horas por dia, onde os agentes recebem orientações e informações sobre situações de emergência. 

Serviços de saúde: pessoas em situação de rua com sinais de hipotermia serão encaminhadas por agentes públicos a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

Telefone 153: mobilizado para que os cidadãos informem situações de emergência no período da noite.

Acolhimento: equipes do Serviço de Abordagem Social, Consultório de Rua e BH de Mãos Dadas irão intensificar o encaminhamento do grupo às unidades de acolhimento, além da entrega de cobertores. 

Além dessas ações, os cardápios dos restaurantes populares e unidades de acolhimento foram reformulados para uma alimentação que seja mais adequada à estação. 

Leia mais:

Depois de dois dias de estabilidade, taxa de transmissão da Covid volta a subir em BH
Muito frio: BH registra sensação térmica de 1ºC nesta terça; veja a previsão do tempo
Preços de hortifrutis, afetados pelo frio, devem seguir altos pelos próximos 4 meses, avalia Faemg