O Plano de Resposta para atendimento a incêndios no Estado foi lançado nesta terça-feira (13) pelo governo de Minas Gerais no Parque Estadual Serra do Rola-Moça, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além de apresentar o documento, também foi feita uma simulação de incêndio. 

Estavam presentes as autoridades das secretarias de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), além de representantes do Corpo de Bombeiros, Instituto Estadual de Florestas (IEF), das polícias Militar e Civil e Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).  

A simulação do incêndio ocorreu com uma queima controlada, autorizada pelo IEF, e similar às queimadas que já aconteceram na região. A atividade foi realizada pelos bombeiros e brigadistas, e teve como objetivo integrar os órgãos para operações conjuntas. 

Os incêndios representam um sério problema em Minas Gerais, principalmente pelo período de seca que atinge o país desde 2020.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os satélites detectaram 1.776 focos ativos de queimadas no Estado de janeiro a julho deste ano. As estatísticas de queimadas estão disponíveis no portal do INPE

Leia mais:

Indicadores da pandemia da Covid-19 chegam ao nível de alerta em BH; confira as taxas
Média de idade dos pacientes graves com Covid-19 em BH cai para 49 anos