A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (13) a terceira fase da operação Poeira Vermelha – Taquaril, que tem o objetivo de combater a extração irregular de recursos minerais em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dessa vez, a investigação apura um risco de contaminação do leito do Rio das Velhas pelos rejeitos da atividade de mineração.

Nesta terceira fase, a polícia solicitou à Justiça que o beneficiamento dos minérios fosse suspenso para evitar que houvesse danos ambientais ao rio, que é responsável pelo abastecimento de água de mais de 2 milhões de habitantes de Belo Horizonte e região.

A primeira fase foi deflagrada em julho, quando a polícia obteve o bloqueio de mais de R$ 38 milhões de empresas investigadas e a suspensão das atividades de extração ilegal de recursos minerais.

Em setembro, a segunda fase foi realizada com o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão, tendo como alvos os donos das empresas de mineração investigadas.

A reportagem não conseguiu contato com a empresa alvo da operação desta terça.