A Polícia Civil de Minas Gerais iniciou buscas para cumprir um mandado de prisão contra Valdomiro Vasconcellos Neto. Ele é considerado foragido da Justiça após ser apontado como um dos principais articuladores de um esquema criminoso, responsável por administrar empresas fantasmas e por trocar e-mails com agências bancárias em nome dos laranjas.

As investigações apontam que o grupo ocultava a movimentação do dinheiro ilícito em contas abertas por meio de empresas fictícias. Elas recebiam o dinheiro, em contas distintas, de forma a simular a origem lícita dos valores. A quadrilha pode ter movimentado R$ 761 milhões, dinheiro que seria utilizado para fomentar e financiar o tráfico de drogas em todo o país desde 2016.

Ainda de acordo com a polícia, com a conclusão do inquérito e oferecimento da denúncia pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Judiciário decretou a prisão preventiva de homem. Quem tiver qualquer informação pode ligar para o disque-denúncia, no 181, ou ainda para 197 ou 190.

Valdomiro Vasconcellos Neto

Leia Mais:
Cidades da Grande BH podem ser acionadas na Justiça sobre protocolo de volta às aulas