A Prefeitura de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, informou nesta quarta-feira (9) que autorizou a compra de materiais para a reconstrução da igreja Santa Rita de Cássia, destruída por um incêndio na última sexta-feira (4).

A administração municipal também convocou os moradores do distrito de Sopa, onde está localizada a capela do século 18, para uma reunião, onde serão debatidos quais ações serão tomadas para a recuperação do imóvel tombado pelo município. O encontro está marcado para 18h desta quarta. A convocação foi feita pela página do Facebook da prefeitura

De acordo com a administração municipal, a capela foi tombada pelo município no ano de 2004 (Decreto 045/2004) e reconhecida pelo IEPHA em 2011 como patrimônio cultural, passando por obras de restauração a partir de julho de 2016 que buscaram preservar e prolongar o tempo de vida útil da edificação, englobando a restauração e a manutenção do uso religioso. A obra foi entregue à comunidade em maio de 2017.

Leia mais:
Diamantina vai buscar recursos em órgãos públicos e comunidade para reconstruir capela
Curto-circuito pode ter provocado incêndio em capela centenária de Diamantina
Igreja destruída por fogo em Diamantina passa por perícia nesta tarde; assista ao vídeo da explosão