Detentos do presídio de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram controlados após um princípio de motim registrado na unidade no início da tarde desta quarta-feira (11). Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, os presos tentaram danificar a estrutura das celas, mas não conseguiram deixar as mesmas. 

A confusão teve início por volta das 12h, sendo que agentes penitenciários do Comando de Operações Especiais do Sistema Prisional (Cope) conseguiram controlar a situação, chamada pela pasta de "subversão da ordem", cerca de uma hora depois. Nenhuma fuga aconteceu. 

"A Polícia Militar foi acionada e deu apoio externo à ocorrência. A direção do presídio irá instaurar um procedimento interno para apurar administrativamente as motivações do ocorrido e avaliar possíveis danos ao patrimônio público. A unidade prisional está sob controle e segue a rotina", concluiu a Sejusp. 

As ruas próximas ao presídio chegaram a ser fechadas. Confira um vídeo que circula nas redes sociais e mostra movimentação de agentes no entorno da unidade:

Greve de fome

Em maio deste ano, presos deste mesmo presídio fizeram uma greve de fome reivindicando melhorias na unidade prisional. Na época, uma carta entregue a familiares reclamava principalmente da deficiência na entrega do kit de higiene, que é um direito dos presos e que não estaria ocorrendo.

Além disso, na carta eles denunciavam também a superlotação (a unidade estaria com o dobro de pessoas suportadas, que é de cerca de 100 presos), maus tratos por parte de agentes penitenciários, má qualidade da alimentação, calor excessivo nas celas e, também, falta do banho de sol. O movimento chegou ao fim no mesmo dia. 

Segundo uma fonte ligada à unidade prisional, o princípio de motim não teve relação com as reivindicações feitas há quatro meses atrás. A confusão teria ocorrido após a chegada de alguns presos de outros presídios de Ribeirão das Neves e São Joaquim de Bicas, ambas também na Grande BH. Estes detentos recém chegados estavam cobrando que acontecessem transferências e estimularam os demais presos a iniciar o movimento de resistência

Leia mais:
Promotores visitam unidades prisionais de BH e Nova Lima e constatam deficiências
Chega ao fim a greve de fome promovida por detentos do Presídio de Nova Lima
Presos tentam fuga em presídio de Nova Lima, mas são impedidos por agentes