Um técnico de enfermagem de 54 anos morreu por causa da Covid-19 na noite de sexta-feira (7). José Célio da Silva tinha diabetes, mas continuou trabalhando na farmácia da UPA do Hospital Odilon Behrens (HOB), de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel). Esta foi a segunda morte pela doença entre profissionais da saúde que atuam na rede municipal.

De acordo com o Sindibel, um ato em homenagem ao técnico de enfermagem será realizado nesta segunda-feira (10), às 11h, na porta do Odilon Behrens. Profissionais da unidade farão um minuto de silêncio.

Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Belo Horizonte, 1.001 profissionais de saúde da capital mineira testaram positivo para o novo coronavírus, sendo 469 da rede pública. Os mais afetados são os técnicos de enfermagem: 171 trabalhadores dessa categoria tiveram contato com o vírus.

Leia mais:
Kalil decreta luto oficial em BH pela morte de 100 mil brasileiros por Covid