Duas reportagens publicadas pelo jornal Hoje em Dia são finalistas em premiações que serão realizadas esta semana, em Belo Horizonte. A matéria “Dinheiro suado: atolados em dívidas e com renda menor, aposentados voltam ao mercado de trabalho”, da repórter Tatiana Moraes, publicada em fevereiro, é finalista na categoria web do I Prêmio Instituto Defesa Coletiva de Jornalismo. Já a cobertura fotográfica feita por Flávio Tavares para a matéria "Frio, um inimigo a mais nas ruas", publicada no dia 13 de junho de 2017, concorre ao 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo na categoria Fotografia.

A premiação feita pelo Instituto Defesa Coletiva (IDC) acontece nesta quarta-feira (22), no Cine Santa Tereza, e tem foco sobre reportagens que mostram o superendividamento de idosos. Antes de apresentar os nomes dos jornalistas vencedores, o evento realiza a exibição gratuita do filme “Covardia Capital”, que narra a história de idosos que ficaram sem condições de arcar com itens básicos de sobrevivência por terem de arcar com juros altos de empréstimos feitos em instituições financeiras.

A reportagem mostra que muitos idosos mineiros têm permanecido no mercado de trabalho para tentar melhorar os ganhos e, consequentemente, a qualidade de vida. Mesmo trabalhando, muitos deles têm dificuldades em arcar com dívidas e custos altos com medicamentos e alimentação.

Já o 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo será entregue nesta sexta (24), no Sindicato dos Jornalistas (av. Álvares Cabral, 400). As imagens de Flavio Tavares foram publicadas na versão impressa do jornal e acompanhavam uma reportagem de Raul Mariano sobre como os moradores de rua da capital lidam com as noites frias