Rodoviários de oito cidades da Grande BH fazem acordo e não farão greve no próximo domingo

Clara Mariz
@clara_mariz
25/11/2021 às 19:31.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:20
 (Eugênio Moraes/Hoje em Dia/Arquivo)

(Eugênio Moraes/Hoje em Dia/Arquivo)

Após uma nova assembleia realizada nesta quinta-feira (25), os rodoviários de oito cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte decidiram não deflagrar greve. A paralisação estava marcada para iniciar já no próximo domingo (28).

Com a decisão, os moradores dos municípios de Sabará, Santa Luzia, Lagoa Santa, Confins, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, Vespasiano e São José da Lapa não serão afetados pela falta do transporte coletivo.

Segundo o vice-presidente da Federação dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Minas Gerais (Fettrominas), Marcelino Otoni Alexandre, a categoria fechou um acordo com as empresas para que seja dado um aumento de 9% nos salários e no tíquete-alimentação. O reajuste acordado será retroativo, valendo a partir de 1º de outubro.

Em entrevista ao Hoje em Dia na última terça-feira (23), o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores da Região Metropolitana de Belo Horizonte (STRRMBH) informou que a categoria havia rejeitado uma proposta dos empregadores. No acordo, as empresas propuseram  um abono para os meses de outubro, novembro e dezembro e reajuste de 9% dividido em 5% no salário de janeiro de 2022 e 4% no de março de 2022, além do aumento no vale-alimentação também de 5% em janeiro e mais 4% em março.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por