Em casos de conteúdos impróprios veiculados no YouTube, especialmente no canal Kids da plataforma, o usuário deve denunciar imediatamente as imagens. No entanto, o conteúdo denunciado não é removido automaticamente, e sim, analisado primeiro. A própria Google, detentora da plataforma YouTube Kids, recomenda que, mesmo nesta plataforma direcionada ao público infantil, os pais não deixem seus filhos menores de 13 anos consumirem o conteúdo sem supervisão.  

De acordo com com as políticas de segurança do Youtube, as denúncias feitas são anônimas. Primeiro, é preciso se logar à conta na plataforma. Depois, basta clicar em "Mais" abaixo do player do vídeo que quer denunciar e, no menu suspenso, selecionar a opção "Denunciar". 

Os próximos passos são eleger o motivo que define melhor a violação no vídeo e fornecer alguns detalhes adicionais que podem ajudar a equipe de análise a tomar uma decisão sobre retirar ou não o conteúdo do ar, como carimbo de data/hora ou descrições da violação. 

É possível entender melhor a política de segurança da plataforma e como denunciar, clicando aqui e, especificamente no caso do YouTube Kids, aqui. 

Caso as denúncias na plataforma não sejam eficientes, outro caminho é denunciar conteúdos impróprios e até mesmo indícios de crimes cibernéticos no Safer Net, entidade parceira do Ministério Público Federal para este fim. A página pode ser acessada clicando aqui.

Leia mais:

Empresas têm até esta segunda-feira para se manifestarem sobre Momo em suas plataformas, diz MP
Google diz que não há evidências de aparições da Momo no YouTube Kids
Denúncia da aparição de Momo em vídeos infantis assusta pais; assista a um trecho