Adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades e deficiência permanente, recebem, nesta segunda-feira (25), a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Belo Horizonte. Para este público, a aplicação do imunizante foi antecipada. A mesma medida vale para jovens gestantes, puérperas e lactantes. 

Também na segunda, idosos de 68 e 69 anos poderão receber a terceira dose da vacina. Mas atenção, o imunizante apenas será aplicado naqueles que completaram o esquema vacinal com duas doses há seis meses ou que irão completar em 15 dias.

Veja aqui os demais grupos contemplados com a vacina durante essa semana na capital mineira. 

O que levar?

Para concluir o esquema vacinal, os adolescentes precisam levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e comprovante de residência na capital.

Aqueles de 15 a 12 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Já os jovens de 16 e 17 não precisam de acompanhante.

Já os idosos, que devem ser residentes em Belo Horizonte, devem apresentar o comprovante de endereço e o cartão de vacinação.  Pessoas com menos de 86 anos que tomaram doses da AstraZeneca ainda não devem comparecer aos locais, devendo aguardar o intervalo de seis meses.

Locais e horários

Desde a última semana, a capital mineira não aplica mais doses contra a Covid-19 aos sábados e domingos. Durante os dias úteis, os contemplados podem receber o imunizante das 8h às 17h em pontos fixos e extras e das 8h às 16h30 em drive-thru. Outros quatro postos aplicam a vacina em horário noturno, até 20h. Veja os endereços aqui

Leia mais:
Covid-19: Brasil registra 11.716 novos casos e 318 mortes
Saiba quantas doses de vacinas contra Covid-19 cada município de Minas já aplicou
Trabalho remoto na pandemia foi mais recorrente para quem tinha curso superior, diz Ipea