A Santa Casa de Belo Horizonte está procurando adultos que não testaram positivo para Covid-19 e que ainda não tomaram nenhuma dose de imunizante contra a doença. Eles podem ser um dos 1.350 voluntários que vão participar de uma pesquisa, em diversas partes do mundo, que pretende identificar os níveis de eficácia do imunizante de dose única da farmacêutica Janssen. O estudo está sendo conduzido nos Estados Unidos, na Alemanha, na África do Sul e aqui no Brasil.

O uso do imunizante norte-americano já foi aprovado pela Agência Nacional de Segurança Sanitária (Anvisa), e, de acordo com a infectologista da Santa Casa, Cláudia Murta, a intenção da pesquisa não é averiguar sua eficácia e sim conhecer melhor o seu desempenho contra a doença. "O intuito é investigar a proteção que a vacina confere, a produção de anticorpos que ela estimula e aprofundar os conhecimentos sobre a sua segurança", explica. 

No protocolo conduzido pela SCBH, todos os voluntários receberão duas doses da vacina e serão acompanhados por cerca de um ano. Nenhum dos participantes vai receber placebo.

Podem participar adultos com idade entre 18 e 55 anos, que não tenham tido Covid-19 e nem tenham recebido qualquer vacina contra a doença. Mulheres grávidas não podem ser voluntárias. E todos os candidatos vão passar por uma consulta médica antes de entrar no estudo e vão receber informações detalhadas sobre os protocolos.

Os interessados devem entrar em contato com o setor de Pesquisa Clínica da SCBH, pelo WhatsApp (31) 3879-0085, de segunda a sexta-feira, das 07h às 17h.

 

Leia também:
BH divulga datas da 2ª dose da vacina contra Covid dos adolescentes de 12 a 17 anos; veja calendário
Transmissão da Covid em BH volta ao nível verde; ocupação de enfermarias continua em queda