Três sobreviventes do acidente aéreo que deixou três mortos na manhã desta segunda-feira (21), no bairro Caiçara, na região Noroeste de BH, passaram por cirurgias e foram para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital João XXIII.

Segundo a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), as três vítimas que estão na unidade tiveram, além das queimaduras externas, queimaduras das vias aéreas. Um deles está em estado gravíssimoEle tem 29 anos e teve 96% do corpo queimado. Os outros dois, de 32 e 33 anos, são considerados graves. Ainda conforme a Fhemig, eles tiveram 55% e 32% dos corpos queimados.

As identidades das vítimas ainda não foram oficialmente divulgadas pela Fhemig, nem pela Polícia Civil.

Queda aviãoClique para ampliar a imagem

A queda de um avião de pequeno porte deixou ainda três feridos. Antes de cair, a aeronave atingiu a rede elétrica e explodiu. Três carros foram destruídos pelas chamas. 

O acidente aconteceu  no cruzamento das ruas Minerva com Rosinha Sigaud, próximo ao Aeroporto Carlos Prates. Os destroços ficaram espalhados na rua e uma densa fumaça escura tomou conta da região.

Leia mais:
Moradores organizam protesto após queda de avião no Caiçara: ‘mais segurança’