O homem que foi baleado na cabeça ao tentar assaltar uma jovem no portão da casa dela, no bairro Belvedere, região Centro-Sul de Belo Horizonte, morreu na tarde desta sexta-feira (1°). Após ser ferido pelo pai da vítima de assalto, que tinha permissão para uso de arma de fogo, o suspeito foi levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII em estado grave e acabou não resistindo ao ferimento. 

Segundo a Polícia Militar, o idoso de 74 anos atirou no suspeito, de 20 anos, durante uma tentativa de assalto. O crime aconteceu por volta das 6h, quando uma médica, de 35 anos, saía de casa em seu veículo, na rua Professor Pedro Aleixo. Neste momento, ela teria sido surpreendida por três homens armados, que anunciaram o assalto. 

casa assalto ladrão morto
O crime aconteceu na rua Professor Pedro Aleixo, no bairro Belvedere

A mulher relatou que iniciou a descida do veículo, informando que os homens poderiam levar o carro, mas que os suspeitos, muito agressivos, recolheram seus pertences, e um deles a agarrou pelos cabelos e a puxou para dentro do veículo. 

Ela, então, gritou por socorro e acabou chamando a atenção do pai. Este afirmou à PM que, da janela de seu quarto, ouviu os gritos e viu a filha sendo arrastada. Diante da situação, o idoso pegou seu revólver calibre 38 e efetuou dois disparos contra os autores. Os tiros atingiram o suspeito de 20 anos na cabeça, e os outros conseguiram fugir.

À polícia, o idoso apresentou uma cópia do seu Certificado de Registro de Arma de Fogo (CRAF).  

*Colaborou Juliana Baeta. 

Leia mais:
Mulher chama a polícia após suposto 'sequestro' de gato por vizinho, no Belvedere