A Polícia Civil identificou, nesta quinta-feira (14), mais uma vítima do rompimento da barragem na mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Trata-se de Aroldo Ferreira de Oliveira, de 55 anos. Ele era técnico em mecânica e trabalhava há 32 anos na mineradora. A identificação foi feita por meio de exame de DNA.

A tragédia aconteceu no dia 25 de janeiro e esta é a 254ª vítima identificada. Dezesseis pessoas continuam desaparecidas.

Buscas Brumadinho

Nesta quarta-feira (13), a PC já havia identificado o corpo de Miraceibel Rosa, de 38 anos. Ele trabalhava na mina como funcionário terceirizado da Vale havia cerca de uma semana quando a barragem se rompeu.