Os três indicadores que monitoram a pandemia em Belo Horizonte regrediram nesta segunda-feira (29), segundo o boletim epidemiológico assistencial da prefeitura. A taxa de transmissão da Covid-19 caiu pelo terceiro dia consecutivo e chegou a 1,11, o que significa que, em média, 100 pessoas infectam outras 111 com o vírus.

Além disso, a ocupação das enfermarias destinadas aos pacientes com o novo coronavírus segue em queda. Na última sexta-feira, 88,5% das vagas estavam ocupadas. Hoje, o valor diminuiu, chegando a 85,6%.

A taxa de utilização dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva também recuou, chegando a 100,7%. Segundo a PBH, a redução aconteceu pois a administração municipal abriu 32 novos leitos de UTI Covid no SUS e a rede suplementar outros 81, o que ajudou a diminuir o impacto da doença na capital.

Mesmo com a ampliação do número de vagas nos hospitais particulares, há mais pacientes do que leitos disponíveis. Conforme o levantamento da prefeitura, 24 pessoas aguardam na fila para internação.

Números da Covid

De acordo com o boletim desta segunda, BH já confirmou 139.298 casos de Covid desde o início da pandemia, há um ano. Destes, 3.167 evoluíram para óbitos. Os pacientes recuperados somam 129.392, enquanto outros 6.739 seguem em acompanhamento médico.

Ao todo, 253.660 pessoas receberam a primeira dose da vacina na cidade. Deste grupo, 90.704 já tomaram o reforço. Foram contemplados profissionais de saúde da linha de frente, idosos acima de 69 anos e moradores e funcionários de residências inclusivas e ILPIs.

Leia mais:

113 novos leitos de UTI Covid são abertos em BH; taxa de ocupação cai para 100,7%
BH tem 200 pacientes sem leitos e enfrenta mortes por falta de respirador e UTI, denuncia sindicato
Mais 6 postos de saúde de BH vão funcionar 24h para casos não relacionados à Covid; confira a lista