A votação sobre o plano de concessão para duplicação da BR-381, que estava em pauta nessa quarta-feira (21), foi adiada para a próxima semana pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O projeto envolve a o trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, além da ampliação da BR-262, entre João Monlevade, na região Central, e Viana, no Espírito Santo.

Anteriormente, a previsão indicava para uma votação ainda nessa quarta (21). No entanto, o tema foi adiado após um pedido do ministro Walton Alencar Rodrigues, que solicitou mais tempo para discutir pontos relacionados ao projeto.

“Eu sei da relevância desse processo e da importância dele no delinear de várias questões que nele está sendo tratada. Gostaria de colocar minha assessoria para conversar com a de Vossa Excelência para nós equacionarmos da mesma forma algumas questões, como a questão do relator independente e alguns outros temas que, nos dois processos, são símiles e merecem um tratamento equânime”, disse Alencar. 

Outro ponto é a isenção de pedágio para motocicletas. "Realmente tem dois pontos que chamam a atenção, o do relator independente, que agora vem com outra formulação, e tem a outra questão que é da retirada do pedágio pelas motocicletas", concordou o relator do processo, ministro Raimundo Carreiro, que destacou, ainda, que os dois trechos citados são conhecidos como “rodovia da morte”.

Após a proposta ser adiada para a próxima semana, o ministro Bruno Dantas lembrou sobre a urgência. “A urgência para que esse Tribunal delibere sobre essa matéria, esse tema já se encontra no Tribunal desde dezembro e trata-se de uma rodovia importantíssima. Eu fico satisfeito em ver o nosso decano solicitar o adiamento por apenas uma semana, é um prazo razoável para que todos nós aprofundemos o estudo sobre essa matéria, mas, também, ao mesmo tempo, possamos dar ao tema a prioridade necessária”, concluiu.

Leia mais:
Minas registra 426 denúncias de comércio de cerol e linha chilena em 2021; campanha incentiva queixa
Parecer do TCU sobre duplicação da BR-381, entre BH e Valadares, deve ser apresentado nesta quarta
Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022