Dois dias após a chuva que causou diversos estragos ao longo da avenida Teresa Cristina, em Belo Horizonte e Contagem, a via continua interditada em pelo menos dois pontos nesta terça-feira (21). 

Segundo a BHTrans, a Teresa Cristina está fechada entre o Anel Rodoviária e a Via 210 (rua Metalig) nos dois sentidos, na altura da Vila São Paulo, na região Oeste de BH. Não há opção de desvio e agentes de trânsito estão no local fazendo a sinalização. 

Nessa segunda (20), algumas linhas de ônibus que passam pela via em BH haviam sido desviadas, mas as linhas 30 (paradora), 32, 33, 35 e 8350 já retomaram seu itinerário habitual nesta terça. No entanto, três linhas continuam seguindo por trajetos desviados.

São elas a 30 (direta) e a 3029 (sentido Centro), que mantém o desvio pela Via do Minério e Anel Rodoviário e, as mesmas linhas, mas no sentido bairro, que estão sendo desviadas pela Amazonas, Anel Rodoviário e Via do Minério. A linha 2035 (sentido Centro) também mantém o desvio pelas rua sSenador Lúcio Bitencourt, Padre Flávio, Luminosa, avenidas Presidente Castelo Branco, Cardeal Eugênio Pacelli, Anel Rodoviário, Via do Minério, ruas Úrsula Paulino, Campo Formoso, Lagoa da Prata,Desembargador Barcelos, Olinda e avenida Amazonas. 

Em Contagem

 

No trecho da Teresa Cristina em Contagem, a interdição no encontro com avenida Presidente Castelo Branco, na divisa com a capital mineira, continua. Já a avenida Tito Fulgêncio, que também havia sido bloqueada, está liberada nesta terça.

A linha 173, afetada belo fechamento da Teresa Cristina, continua realizando o desvio pela avenida  Cardeal Eugênio Pacelli, avenida Presidente Castelo Branco, rua Luminosa, rua Monsenhor Horta, rua Virgílio de Melo Franco, rua Senador Lúcio Bitencourt, rua Apolo, avenida Teresa Cristina sentido barreiro e, então, retoma o itinerário habitual. 

Leia mais:

Quem cobre o prejuízo? Especialistas avaliam que danos causados pelas chuvas podem ser indenizados
Moradores de BH e Contagem queimam pneus e bloqueiam vias em protesto após estragos em temporal
PBH vai decretar estado de emergência e Kalil diz que obras não evitariam estragos desse domingo