Um torcedor cruzeirense, de 30 anos, foi detido pela Polícia Militar com três filhotes de raposa no povoado Paus Pretos, em Mamonas, no Norte de Minas. A ocorrência foi nessa terça-feira (3) e os animais estavam presos em um poleiro, no quintal da casa.

Os militares chegaram ao local após uma denúncia anônima,O lavrador contou que é torcedor fanático do Cruzeiro e criava os filhotes por acreditar que daria sorte para o time conseguir se livrar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Raposinhas mantidas em cativeiro

O Cruzeiro enfrenta o Grêmio nesta quinta-feira (5), na Arena do Grêmio, às 19h15, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um duelo que pode ser histórico, pois o time celeste tem a chance de ser rebaixado pela primeira vez em sua história.

E não eram só as raposinhas que estavam em cativeiro não. No quintal do sítio, os policiais encontraram várias gaiolas com sete pássaros da fauna silvestre. O irmão do lavrador, de 31 anos, confessou ser o dono das aves e também foi detido. Eles foram levados para a delegacia de Espinosa, onde prestaram depoimento e foram liberados. 

O cruzeirense foi multado no valor total de R$ 4.877,10 (R$ 1.625,70 por filhote). Já o dono dos pássaros terá que pagar cerca de R$ 9.800 por manter os animais em cativeiro. 

Ainda segundo a PM, os bichinhos, que não apresentavam sinais de maus-tratos, foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) em Montes Claros, também no Norte do Estado.  

Leia mais:
Cruzeiro protocola na FMF pedido de torcida única contra o Palmeiras; CBF analisará o caso
Máfia Azul e Pavilhão brigam na BR-040 e tumulto acende alerta para Cruzeiro x Palmeiras; veja vídeo
Cruzeirense de 86 anos, 'Dona Salomé' é agredida por torcedores do Atlético em Betim