Mesmo com o Carnaval de 2021 adiado por conta da pandemia da Covid-19, foliões de Belo Horizonte não desanimaram e usaram as redes sociais para divulgação de memes que mudam os nomes de blocos tradicionais da capital mineira. A brincadeira relaciona a festa com o momento de atenção à doença. 

O Almanaque do Samba, a casa do samba em Minas Gerais, criou uma “programação” completa com nome de blocos que estão proibidos de desfilar devido à pandemia. A brincadeira foi divulgada no Instagram e no Facebook.

O bloco Chama o Síndico, virou Chama o Clínico; Garotas Solteiras, virou Garotas Vacinadas e Juventude Bronzeada virou Juventude Aglomerada. Confira a lista completa no link.  

No Twitter, imagens feitas por um autor desconhecido usam nomes como Não Saio Nem Para Esquina, Bloco Unidos Sem Samba Quietinhos, Contaminação Ladeira Abaixo e Então Brilha a Agulha.

Carnaval não será ponto facultativo

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou, na tarde de quarta-feira (13), que decidiu por não considerar como ponto facultativo o período entre 13 e 16 de fevereiro, datas em que o Carnaval de 2021 seria realizado. Segundo a PBH, o foco de trabalho na prefeitura continua nas ações de combate ao novo coronavírus.

Dessa forma, a definição de uma nova data ainda depende das condições sanitárias, que são acompanhadas pelo comitê de enfrentamento à doença, além de medidas que possam garantir a segurança dos foliões.

Ao mesmo tempo, a Belotur tem participado de discussões com os realizadores dos principais carnavais do país, como Salvador e Rio de Janeiro, para uma definição. "O diálogo permanece constante com a Liga das Escolas de Samba e representantes dos Blocos Caricatos, assim como toda a cadeia produtiva do Carnaval de Belo Horizonte", informou, em nota.

Leia mais:
Carnaval não será ponto facultativo em Belo Horizonte em 2021, afirma prefeitura
Temperatura em BH pode chegar a 31ºC nesta quinta; veja a previsão do tempo
Governo de Minas alerta para fake news sobre a Covid-19; confira canais de informação