Transmissão da Covid-19 em BH atinge maior patamar em três semanas

Lucas Sanches
@sanches_07
27/10/2021 às 17:38.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:08
 (Reprodução/ Pixabay)

(Reprodução/ Pixabay)

A transmissão da Covid-19 em Belo Horizonte segue ritmo de crescimento e chegou a 1,02 nesta quarta-feira (27). O boletim epidemiológico da prefeitura da capital mostra que esse é o valor mais alto do RT, como é chamado, desde o dia 5 de outubro, quando atingiu 1,03.

Na prática, o número indica que 100 pessoas contaminadas pelo novo coronavírus têm potencial de transmissão a outras 103. Como isso mostra novo avanço da doença, o indicador voltou ao nível amarelo de alerta da PBH.

A ocupação dos leitos de enfermaria para tratamento da doença também cresceu na atualização do boletim, passando de 39,9% para 44,2%. Os leitos de UTI, por sua vez, estão mais vazios - a taxa caiu de 44,7% para 42,9%. Apesar das alterações, ambos os indicadores seguem no nível verde de alerta da prefeitura.Reprodução/PBH / N/ATransmissão da Covid-19 chegou a 1,02 em BH

Números da pandemia

O levantamento da PBH mostra que 288.134 casos da Covid-19 foram confirmados na cidade desde o começo da pandemia, em março do ano passado. Desse total, 279.873 pacientes se recuperaram, e outros 6.882 morreram. Ainda há  1.379 pessoas em acompanhamento diário pela Secretaria Municipal de Saúde.

Vacinação

Os indicadores de imunização da prefeitura indicam quase 60% de vacinação completa para a população acima dos 12 anos em BH. A primeira dose foi aplicada em 2.100.135 pessoas, das quais 1.489.503 também receberam a segunda dose. 

Uma terceira dose do imunizante, conhecida como dose de reforço, foi necessária a 184.533 moradores da capital. A vacina da Janssen, aplicada em dose única, foi ministrada em 60.439 pessoas.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por