Começa amanhã a distribuição das duas últimas remessas de vacinas recebidas em Minas. São 190 mil doses da AstraZeneca e as 87,6 mil da CoronaVac, entregues pelo Ministério da Saúde. No entanto, a vacinação nos municípios deve ser iniciada só em 1° de fevereiro. Ao todo, o Estado recebeu 855 mil doses de imunizantes para barrar a Covid-19.

Na terça-feira (26), representantes da Secretaria de Saúde (SES-MG) e integrantes das Forças de Segurança do Estado se reuniram para traçar a logística entrega das novas vacinas. 

Até o momento, o material segue armazenado na Rede de Frio do Estado, na região Oeste de BH. De lá, será levado por caminhões refrigerados e aviões às 28 regionais de saúde pela força-tarefa do governo. 

Após o recebimento, os gerentes de cada unidade serão responsáveis pelo agendamento de data e hora para que os municípios retirem os imunizantes. 

De acordo com o diretor de Operações da Polícia Militar, coronel Godinho, a retirada será a partir de 1º de fevereiro. “Os municípios irão até as regionais, escoltados por uma viatura da Polícia Militar, para retirar as vacinas e, seguindo o Plano Nacional de Vacinação, realizar a imunização dos grupos já previstos”.

Além da coleta das vacinas na Unidade Regional de Saúde, os municípios serão responsáveis pelo armazenamento e a preservação das doses em condições adequadas.

Leia também:
Veja alguns casos de ‘fura-filas’ da vacinação contra Covid-19 que são investigados
Aumento da ansiedade e do estresse na pandemia da Covid-19 fazem crescer casos de bruxismo
Novo discurso: Bolsonaro apoia a importação privada de vacinas contra a Covid-19