Vacinação de crianças dentro das escolas de BH será mantida para novos grupos convocados

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
17/01/2022 às 10:18.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:54
 (Lucas Prates / Hoje em Dia)

(Lucas Prates / Hoje em Dia)

Belo Horizonte vai manter a estratégia de vacinar crianças contra Covid nas escolas mesmo após a chegada de mais remessas e convocação de novos públicos. Nesta segunda-feira (17), a campanha de imunização foi realizada em nove instituições municipais. Atualmente, ocorre a repescagem para o grupo de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiência permanente, indígenas e quilombolas.

No último sábado (15), quando a ação foi feita em postos de saúde, 2.843 crianças foram vacinadas na capital. De acordo com o diretor de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica da PBH, Paulo Roberto Correa, o número está abaixo do esperado. “A adesão não foi boa, estamos fazendo uma repescagem nas escolas para vacinar o maior número possível”.

Segundo o técnico, além da tentativa de aumentar o número de vacinados, a estratégia da PBH é oferecer mais pontos de vacinação para estas crianças, evitando que o grupo fique em contato direto com pacientes com sintomas respiratórios atendidos nas unidades de saúde. Não houve caso de reação adversa à vacina reportado à PBH.

O especialista alertou ainda que, atualmente, a capital apresenta altos indicadores de quadros respiratórios leves, o que tem causado aumento no número de internações nas unidades de saúde.

A vacinação das crianças começa em meio à disparada de casos da Covid em Minas, que bateu recorde de confirmações da doença na semana passada. Novo salto nos registros deve ocorrer nesta semana, segundo o próprio secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por