A vacinação para pessoas com comorbidades entre 18 e 33 anos, completos até 31 de maio, foi marcada por filas e espera na manhã desta segunda-feira (17). Hoje, a imunização deste grupo prioritário ocorre em pontos fixos e extras, das 7h30 às 16h, e em pontos de drive-thru, das 8h às 16h (confira os endereços aqui).

Quem compareceu ao Centro de Saúde Santa Rita de Cássia, no bairro São Pedro, precisou aguardar por cerca de 2h. A estudante Cristina Martins, de 22 anos, que recebeu a primeira dose da vacina, explicou que o importante é todos se vacinarem.

“Estou muito aliviada, é um passo para a vida normal. Foi bem tranquilo, foi muito rápido e o cadastro foi bem tranquilo também. Todo mundo precisa fazer isso”, avaliou.

Em outros pontos da capital mineira, como no posto extra montado no Minas Tênis Clube, também houve registro de acúmulo de pessoas à espera da imunização. Quem esteve no local precisou esperar por cerca de uma hora.

Vale lembrar que, neste momento, só serão imunizados aqueles que concluíram o cadastro de forma antecipada por meio do portal da prefeitura.

Também é preciso apresentar exames, receitas, relatório ou prescrição médica que comprove a comorbidade, além de um documento de identidade com foto e um comprovante de residência. A pessoa não pode ter tomado qualquer vacina nas últimas duas semanas nem ter testado positivo para o coronavírus com início dos sintomas nos últimos 30 dias. 

A proteção dos belo-horizontinos com comorbidades começou sexta-feira (7). O grupo contempla pessoas com síndrome de Down, deficiência permanente inscritas no programa Benefício de Prestação Continuada (BPC), doença renal crônica e gestantes e puérperas.

Leia mais:
Betim reabre cadastro para solicitação de Kit Alimentação Escolar; veja como receber o benefício
Pessoas com comorbidade de 18 a 33 anos vacinam nesta segunda em BH; saiba como proceder
Bar com 300 pessoas em Ribeirão das Neves, na Grande BH, é interditado pela prefeitura