Minas Gerais ultrapassou nesta segunda-feira (13) a marca de 50 mil pessoas recuperadas da Covid-19. De acordo com balanço da Secretaria Estadual de Saúde (SES), 50.510 infectados conseguiram vencer o vírus e, hoje, estão livres da doença.

Até o momento, 76.822 pessoas receberam o diagnóstico positivo da enfermidade no Estado. Os números mostram que, quatro meses após os primeiros casos do novo coronavírus, 65% dos infectados apresentaram melhora e estão sem sintomas da doença. No total, 1.615 morreram em decorrência da Covid-19. Outras 24.697 seguem em acompanhamento.

Professor da UFMG e integrante do Comitê de Combate à Covid-19 em BH, o infectologista Unaí Tumpinambás lembra que cerca de 90% dos doentes vão se recuperar. "No entanto, como são muitas pessoas infectadas, com uma taxa de letalidade em torno dos 2%, ainda teremos muitas pessoas que vão precisar de UTI e, algumas delas, infelizmente, irão evoluir para o óbito", disse.

O médico lembra que, apesar da boa notícia dos 50 mil recuperados, a população não pode relaxar. Conforme o governo de Minas, o Estado deve atingir nesta semana o pico de transmissão do vírus. "Estamos no auge da pandemia. Então, é preciso manter as medidas de precaução, como usar máscaras, distanciamento social e evitar aglomeração", ressaltou.

Somente com todo esse esforço, destaca Unaí, será possível diminuir o tempo da pandemia, além dos números de casos confirmados e mortos pela enfermidade.

Leia mais:
Minas tem quase 77 mil infectados e 1.615 mortes por Covid-19
Antes do pico, Minas já ultrapassa marca de 2.500 internações por Covid em um dia
Paciente de 58 anos comemora recuperação da Covid-19 após 40 dias internado em BH