O governo de Minas Gerais prepara um novo calendário para a vacinação contra a Covid-19. As datas seguirão de acordo com o fornecimento de mais doses por meio do Ministério da Saúde, conforme informou o governador Romeu Zema, na manhã desta terça-feira (8). 

“Nosso secretário (Fábio Baccheretti) está fazendo um calendário para Minas. Vale lembrar que todo o Brasil está caminhando na mesma velocidade. Algumas cidades, devido ao critério da pasta adotado na distribuição, têm avançado mais rápido em algumas fases. Mas estamos solicitando uma equalização para que todos caminhem da mesma forma”, disse o chefe do executivo estadual, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Caso o Ministério da Saúde siga o cronograma de entrega de vacinas, Zema acredita que toda a população mineira acima de 18 anos será imunizada contra a doença até outubro deste ano. “Queremos que até outubro, se possível, todo mineiro acima de 18 anos esteja vacinado. Mas isso está atrelado ao fornecimento de vacinas. Se nada de errado acontecer, até outubro é provável que isso ocorra”, avaliou. 

O governador disse, ainda, que deve receber a primeira dose da vacina na próxima semana, em Belo Horizonte. Aos 56 anos, Zema pode ser imunizado na capital mineira a partir desta sexta-feira (11). ”Como estarei viajando para o Vale do Jequitinhonha, na quinta e na sexta, provável que a minha (vacinação) fique para a próxima semana. Vou estar em BH e já estou enquadrado, então muito provavelmente vacinarei com a vacina que estiver disponível no dia”, concluiu.

Leia mais:
Taxa de incidência da Covid cai 34% em BH, mas segue muito longe da ideal
Governo de Minas e prefeituras têm prazo de 60 dias para fechar acordo sobre repasses da saúde
Sindicato dos Servidores da Justiça garante atuação mesmo sem profissionais vacinados na pandemia