Zema diz ser 'improvável' novo fechamento de cidades, mesmo com variante Delta mais transmissível

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
10/08/2021 às 17:13.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:39
 (Maurício Vieira)

(Maurício Vieira)

Minas tem, nesta terça (10), 4 casos da variante Delta do coronavírus. A mutação é até 97% mais transmissível do que a cepa original, conforme mostrou estudo do Imperial College, de Londres. Apesar disso, o governador Romeu Zema (Novo) acha "muito pouco provável" que a Delta motive novos fechamentos de cidades mineiras.

"Acho muito pouco provável (um novo fechamento), o que temos assistido no Brasil e fora é a vacina ser efetiva, inclusive no combate dessas novas variantes que têm surgido, mas todo cuidado é bom, todo acompanhamento é bem-vindo", afirmou Zema, nesta terça, em entrevista à rádio CBN. 

Na atualidade, apenas a macrorregião Triângulo do Sul está na Onda Vermelha do programa Minas Consciente. Todas as outras 13 estão em níveis de menor restrição de funcionamento de atividades.

O gestor completou que o número de casos e internações têm reduzido a cada dia no Estado e que isso é resultado do avanço da imunização. Ele reiterou que até o fim do mês que vem, toda a população acima de 18 anos estará protegida contra a Covid-19.

Outros temas

Durante a entrevista, Zema também falou que o Estado deve apresentar, até o fim deste mês, um cronograma para pagamento de recursos da Saúde que estão atrasados aos municípios. 

O chefe do Executivo também comentou sobre o impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido). O governador, que demonstrou apoio à candidatura do presidente, declarou que os erros devem ser apurados, mas disse que "trocar o piloto de avião no meio da turbulência talvez não seja o que vai acabar com a turbulência".

Sobre o voto impresso, Zema defendeu que o tema seja avaliado por "técnicos de informática" e que o "o sistema tenha um mecanismo de auditoria". Na prática, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as urnas eletrônicas já são auditáveis.

Por fim, o mandatário comentou as eleições para o governo de Minas no próximo ano. Zema disse que o pleito está "longe" e uma reeleição seria "consequência" do trabalho feito até o momento. Zema também disse que o nome do candidato a vice-governador ainda será definido.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por