Viagem frustrada

Agência aplica golpe de quase R$ 400 mil em auditores fiscais da Receita Federal

Jader Xavier
@ojaderxavierjsbarbosa@hojeemdia.com.br
25/05/2022 às 14:08.
Atualizado em 25/05/2022 às 14:31
 (Lucas Prates)

(Lucas Prates)

A Polícia Civil investiga um possível golpe de R$ 395 mil aplicado contra auditores fiscais da Receita Federal durante a compra de uma viagem para a Europa. A fraude foi revelada nessa terça-feira (24), quando um grupo de 39 servidores tentou embarcar no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, e descobriu que não havia passagens reservadas.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na Polícia Militar, tudo começou quando uma empresa de viagens procurou a União Nacional de Auditores Fiscais da Receita Federal Brasil de Minas Gerais (Unafisco-MG) e ofereceu pacotes de viagens para Lisboa (Portugal), Madrid e Barcelona (Espanha). Um grupo de 39 auditores fechou a compra do pacote. Cada um gastou cerca de R$10 mil.

Ainda de acordo com a PM, os clientes afirmam que mantinham contato com dois representantes da empresa pelas redes sociais, e recebiam orientações de viagens e passeios nos países europeus. Mas quando o grupo chegou ao Aeroporto de Confins para fazer o check-in, foram avisados pela companhia aérea que as passagens haviam sido canceladas pela agência de viagens.

Os auditores entraram em contato com os hotéis onde ficariam hospedados na Europa, mas foram informados que as reservas também tinham sido suspensas. Representantes da empresa não compareceram ao aeroporto.

A reportagem entrou em contato com a agência de viagens e, assim que houver um retorno, a matéria será atualizada.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por