Das 7 estações, apenas a Vilarinho opera neste segundo dia de greve dos motoristas de ônibus em BH

Lucas Sanches
@sanches_07
23/11/2021 às 08:43.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:18
 (Maurício Vieira/Hoje em Dia)

(Maurício Vieira/Hoje em Dia)

A Estação Vilarinho, na região Norte de Belo Horizonte, é a única em funcionamento por volta das 08h nesta terça-feira (23). Neste segundo dia de greve dos motoristas de ônibus na capital, membros do sindicato responsável pela categoria atuam em todos os outros locais de desembarque para impedir a saída dos veículos com passageiros.

De acordo com a BHTrans, responsável pelo trânsito na cidade, 33% das viagens programadas entre 0h e 7h foram realizadas em BH. Considerando a faixa entre 6h e 7h, quando começa o pico de movimentação, foram 35% das viagens. Já na faixa entre 7h e 8h, foram cumpridas 30% das viagens planejadas.

Passageiros na Estação Barreiro reclamaram que, desde a segunda-feira (22), as catracas estão lacradas, impedindo o acesso à plataforma. "Fecharam para todos os passageiros, não entra nem sai ônibus", afirmou o aposentado Francisco Mere Filho, de 77 anos, que tentava embarcar nesta manhã. Sem passageiros e sem ônibus, o local ficou completamente vazio.

Outras estações de grande impacto no fluxo de passageiros, como a Diamente e São Gabriel, também enfrentram problemas e incerteza. Os ônibus também pararam de circular, e deixaram muitas pessoas na porta, sem saber como chegar ao trabalho.

⚠️Situação da operação do transporte coletivo (paralisação dos operadores)% de viagens realizadas em relação às programadasFAIXA 7h às 8hEstações:Barreiro:1%Diamante:2%José Cândido:33%Pampulha:13%São Gabriel:5%São José:71%Venda Nova:14%Vilarinho:50%Demais Linhas:43%— OficialBHTRANS (@OficialBHTRANS) November 23, 2021

Audiência

Após a audiência entre o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) e o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH) terminar sem acordo na tarde da segunda-feira (22), o desembargador Fernando Luiz Gonçalves Rios Neto agendou uma nova audiência para esta terça (23), às 14h30, e ainda solicitou a presença do município ou da BHTrans. 

A reunião de ontem, por meio de videoconferência no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-3), a ausência de representantes da prefeitura e da BHTrans causou incômodo entre as partes e ao Ministério Público do Trabalho, que participou da negociação.

No encontro, representantes do SetraBH solicitaram a suspensão da greve ao STTRBH durante o intervalo entre as audiências. Em resposta, o sindicato dos trabalhadores disse ser impossível contar com a adesão dos motoristas tendo em vista a ausência de propostas da organização patronal.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por