Acusado de Receptação

Homem é preso com 300 kg de fios de cobre que seriam revendidos na região Norte de BH

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
26/05/2022 às 18:29.
Atualizado em 26/05/2022 às 18:46
 (Divulgação / Polícia Militar)

(Divulgação / Polícia Militar)

Um homem de 55 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (26) no Monte Azul, na região Norte de BH, acusado de praticar crime de receptação de material furtado. Ele estava com 300 kg de fio de cobre de origem desconhecida.

A Polícia Militar (PM) compareceu ao endereço do suspeito para cumprir um mandado de busca e apreensão, expedido após denúncia de tráfico de drogas.

Ao chegarem no endereço do homem, de acordo com o boletim de ocorrência, os militares se surpreenderam com o esquema de proteção da casa. O portão estava reforçado com quatro trincos, três fechaduras e três "olhos mágicos".

Quando chamaram pelo morador, ninguém atendeu. Para acessar o interior do imóvel, os militares subiram em um muro vizinho, momento em que o suspeito saiu da casa e disse que não seria necessário arrombar o portão. Depois de 15 minutos de espera, o homem permitiu o acesso dos policiais.

Durante uma busca pela casa, os militares não encontraram nenhum material ilícito. No entanto, quando chegaram em um cômodo na parte da frente, encontraram diversos fios de 
cobre enrolados e alguns já prontos para venda ilegal.

Segundo a PM, o prejuízo para o suspeito pdoe ser de R$ 9 mil a 12 mil.

Denúncias anônimas informaram que o homem era procurado por andarilhos, usuários de droga e moradores de rua para adquirir fios de cobre roubados. Segundo essas informações, o suspeito comprava o quilo do material por R$ 15 ou R$ 20 e revendia pelo dobro na região da avenida Pedro II.

Militares apreenderam R$ 2.180 em espécie e, diante da grande quantidade de cobre encontrado sem justificativa de origem, ele foi preso. O caso foi levado à Justiça.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por