Noroeste de Minas

Obras de recuperação da rodovia LMG-680, em Paracatu, devem começar em julho

Da Redação*
portal@hojeemdia.com.br
12/05/2022 às 20:39.
Atualizado em 12/05/2022 às 20:51
Além das obras na pista da LMG-680, será retomada a construção da ponte sobre o rio Paracatu (Dirceu Aurélio / Imprensa MG / Divulgação)

Além das obras na pista da LMG-680, será retomada a construção da ponte sobre o rio Paracatu (Dirceu Aurélio / Imprensa MG / Divulgação)

As obras de recuperação da rodovia LMG-680, em Paracatu, no Noroeste de Minas, devem começar em julho, após a assinatura, nesta quinta-feira (12), da ordem de início dos trabalhos. A estrada é a principal via de escoamento da produção agropecuária da região.

Ao todo, serão investidos R$ 45 milhões. Desse total, R$ 25 milhões são recursos provenientes do Termo de Reparação assinado com a mineradora Vale após o rompimento da barragem em Brumadinho em 2019. Outros R$ 20 milhões são fruto de convênio assinado entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Paracatu e a Associação dos Beneficiários da LMG-680.

(Dirceu Aurélio / Imprensa MG / Divulgação)

(Dirceu Aurélio / Imprensa MG / Divulgação)

As obras fazem parte do projeto Provias, de recuperação da malha viária de Minas, e preveem a pavimentação de 68 km e a finalização da construção da ponte sobre o rio Paracatu, que está paralisada desde 2014.

De acordo com o Governo do Estado, em junho, a empresa vencedora da licitação deve começar a montagem do canteiro de obras e, em julho, as máquinas poderão iniciar os trabalhos. A previsão é que a recuperação da rodovia seja entregue até dezembro de 2023.

(*) Com Agência Minas.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por