Violência sexual

Padrasto é suspeito de estuprar e ameaçar de morte menina de 11 anos, em Contagem

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
23/03/2022 às 14:41.
Atualizado em 23/03/2022 às 16:08
 (Marcos Santos/USP)

(Marcos Santos/USP)

Uma criança de 11 anos foi estuprada pelo padastro, de 39, no bairro Jardim Industrial, em Contagem, na Grande BH.  À polícia, a menina contou que o abuso sexual já havia ocorrido três vezes. Ela também relatou que recebia ameaças de morte. O homem está foragido.

De acordo com a PM, militares foram chamados nessa terça-feira (22) por uma assistente social do Hospital Municipal de Contagem. após a criança e a mãe irem à unidade de saúde. Um exame médico confirmou a violência sexual. 

Segundo relato da mãe da vítima aos militares, no último domingo (20) a menina contou que havia perdido a virgindade com um colega da escola onde estuda, um menino de 14 anos. Assustada com a informação, a mãe ligou para a direção da instituição, na segunda-feira (21), e solicitou uma reunião com os pais do aluno.

No entanto, na terça-feira, a madrinha da menina revelou que a afilhada a procurou e contou que, na verdade, foi o padastro quem havia cometido o crime. 

Ao conversar com a filha, a mãe descobriu que as relações sexuais já tinham acontecido outras vezes, na casa onde moravam, em momentos que o homem e a criança ficavam a sós.

O homem teria ameaçava a criança dizendo que, caso contasse para alguém, mataria ela e a família. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por