Organização Criminosa

Polícia prende 12 pessoas e apreende mais de R$ 1 milhão em bens na Zona da Mata mineira e no RJ

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
27/04/2022 às 17:29.
Atualizado em 27/04/2022 às 17:44
 (Divulgação / PCMG)

(Divulgação / PCMG)

Dez pessoas foram presas e mais de R$ 1 milhão em bens foram apreendidos em Muriaé, na Zona da Mata mineira, nesta quarta-feira (27). Os alvos são investigados por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Outras duas prisões ocorreram em Rio das Ostras (RJ) e são resultado da operação "Castelo de Areia" da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).

Segundo a PCMG, a identificação dos integrantes da organização criminosa surgiu após a investigação de um homicídio que ocorreu em Muriaé no ano passado.

Nesta quarta, os agentes apreenderam três veículos importados, sendo dois blindados. Também foram apreendidos R$ 49 mil em espécie, uma arma de fogo, drogas e celulares.

De acordo com a Polícia Civil, a organização criminosa teria ligações com agentes da segurança pública e com o sistema bancário, o que facilitava as transações monetárias.

Foram expedidos 17 mandados de busca e apreensão e 15 de prisão, mas apenas 12 foram cumpridos. O líder da quadrilha foi preso.

Um policial militar que foi preso nessa terça-feira (26) e conduzido para um presídio em Juiz de Fora, também na Zona da Mata, estaria ligado à organização.

A investigação da PCMG vai continuar e há outros suspeitos a serem capturados.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por