Suspeitos de agredirem mulher em bar de BH se entregam e autor de soco se diz arrependido

Cinthya Oliveira
27/11/2019 às 09:19.
Atualizado em 05/09/2021 às 22:50
 (Reprodução)

(Reprodução)

Os dois suspeitos de agredir uma mulher com empurrões e soco em um bar na rua Alberto Cintra, no bairro União, se apresentaram à 4ª Delegacia de Polícia Civil Leste na noite desta terça-feira (26). Uma câmera de segurança do estabelecimento flagrou os momentos em que os homens empurram a vítima, fazendo-a cair no chão por três vezes.

De acordo com a Polícia Civil, em depoimento, os homens confirmaram que houve uma discussão por causa de uma mesa do bar no domingo (24). O homem que aparece nas imagens dando um um soco na mulher de 29 anos afirmou estar arrependido de suas ações.

Os suspeitos foram ouvidos e liberados, pois não havia configuração de estado de flagrante e, com isso, não poderiam ser presos, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil.

Os depoimentos serão enviados a delegacia adida ao Juizado Especial Criminal para instruir os autos do procedimento instaurado para apurar os fatos. Inicialmente, ambos são investigados por lesão corporal de natureza leve.

Veja o vídeo:

Relembre o caso

A vítima registrou um boletim de ocorrência logo após a agressão. Nesta terça (26), ela passou por um exame de corpo de delito e prestou depoimento na Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal. No domingo, depois de ser agredida, a vítima foi por conta própria ao hospital Felício Rocho, porque chegou a bater a cabeça quando caiu no chão e sofreu um soco na face direita do rosto.

No boletim de ocorrência, a mulher relata que pediu uma mesa do lado de fora do estabelecimento, mas os homens de uma mesa que fica ao lado se incomodaram. Houve xingamentos entre eles. A vítima disse que, após dizer que não se interessava mais pela mesa, um dos homens se levantou, foi em direção a ela e lhe deu dois socos, fazendo com que ela ficasse desacordada por alguns segundos.

"Eu estava no bar com meu pai e alguns colegas. Porém, estava cheio, então resolvi ir ao bar do lado Embebebar para ver se havia mesa. Solicitei o garçom uma mesa, ele me perguntou se haveria consumo, falei que sim. Então ele voltou com uma mesa e disse: não consegui a mesa bistrô só essa (de montar) falei tá ok. Porém, os rapazes que estavam do lado não queriam e não deixaram o garçom colocar a mesa ao lado deles", contou a vítima à reportagem do Hoje em Dia, acrescentando que não entendeu por que os homens não queriam que ninguém ficasse perto deles.

A reportagem tentou contato com o bar pelo telefone e pelas redes sociais, mas ainda não obteve retorno.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por