Bolsonaro se desculpa por fake news sobre desabastecimento na Ceasa: 'Não houve devida checagem'

Rosiane Cunha
rmcunha@hojeemdia.com.br
01/04/2020 às 22:17.
Atualizado em 27/10/2021 às 03:09
 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro pediu desculpas, na tarde desta quarta-feira (1º), por ter postado em sua rede social um https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/bolsonaro-compartilha-v%C3%ADdeo-com-falsas-informa%C3%A7%C3%B5es-sobre-desabastecimento-na-ceasa-em-minas-1.781095. Na gravação, um homem mostrava um galpão com pouco movimento e dizia "Isso aqui se chama desabastecimento. Fome também mata, desespero e caos matam".

A Ceasa-MG informou que gravação foi feita no momento de limpeza e que, por isso, o local estava vazio.

"Foi publicado em minhas redes sociais um vídeo que não condiz com a realidade para com o Ceasa/MG. Minhas sinceras desculpas pelo erro", publicou o presidente em uma rede social.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por