Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde do país registraram 34.407 novos casos de Covid-19 e 643 mortes em consequência de complicações associadas à doença. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (16) em seu balanço diário sobre a pandemia.

Com os novos acréscimos às estatísticas, a soma de pessoas que perderam a vida para a doença atinge 589.240. 

Ainda há 3.331 óbitos em investigação. Nessas situações, os diagnósticos dependem de resultados de exames concluídos apenas após a morte do paciente.

Com os novos casos, o total de pessoas contaminadas pelo vírus desde o início da pandemia chegou a 21.069.017. Ainda há 306.713 casos em acompanhamento, que são pessoas que tiveram o diagnóstico confirmado e estão sendo atendidas por equipes de saúde ou se recuperando em casa.

O número recuperados da Covid-19 é 21.173.064, o que corresponde a 95,7% das pessoas infectadas no Brasil desde o início da pandemia.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (147.811), Rio de Janeiro (64.472), Minas Gerais (53.899), Paraná (38.268) e Rio Grande do Sul (34.472). Na parte de baixo da lista estão Acre (1.816), Amapá (1.969), Roraima (1.982), Tocantins (3.728) e Sergipe (6.003).  

Vacinação

Até o início da noite desta quinta-feira, o painel de vacinação do Ministério da Saúde não tinha novas atualizações, e o sistema marcava 216,6 milhões de doses aplicadas, sendo 139,8 milhões da primeira dose e 76,7 milhões da segunda dose. Nas últimas 24 horas, foram aplicadas 2,5 milhões. 

Ainda conforme o painel de vacinação, foram distribuídas 267,6 milhões de doses, sendo entregues 256,4 milhões.

Leia mais:
Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes
Ministro diz que suspensão da vacinação de adolescentes sem comorbidades se deve a eventos adversos