Com férias e vacinação, Confins espera fechar dezembro com alta de 43% no volume de passageiros

Leíse Costa
leise.costa@hojeemdia.com.br
10/12/2021 às 21:25.
Atualizado em 14/12/2021 às 00:37
 (BH Airport/Divulgacao)

(BH Airport/Divulgacao)

A movimentação no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, deverá fechar este mês de dezembro com um fluxo de passageiros de cerca de 875 mil. O volume significa um aumento de 20% em relação a novembro e de 43% na comparação com dezembro de 2020, que totalizou 606 mil passageiros. O número representa ainda 90% do volume de pessoas transportados em relação a dezembro de 2019, quando 1 milhão de passageiros circularam por Confins.

De acordo com a BH Airport – concessionária responsável pela administração do terminal –, os picos de movimentação deverão acontecer nos dias 13, 16, 17, 20 e 26 de dezembro, com fluxo acima de 30 mil pessoas por dia. “Reveillon e Natal possuem características de movimentação similares. Com a aproximação da alta temporada, dezembro e janeiro, vemos a movimentação diária ficar entre 27 e 28 mil pessoas até a média de 30 mil, podendo chegar a 32 mil por dia durante janeiro”, afirma Herlichy Bastos, diretor de Operações da BH Airport.

Outro fator que explica o aumento do fluxo de passageiros no aeroporto é a retomada dos 45 destinos que tinha antes da pandemia, além do avanço da vacinação contra Covid. Segundo Herlichy, por receber apenas dois voos internacionais, Panamá e Lisboa, não há receio de queda na movimentação devido à Ômicron, nova variante do coronavírus. “Mesmo que haja restrições em relação a voos vindos de outros países para Confins, a gente acredita que seremos pouco impactados. Os voos domésticos são nossa principal característica. Retomar voos dentro do país mais rápido que o turismo internacional é algo que tem acontecido no mundo inteiro”, afirma.

Principais destinos

A pedido do Hoje em Dia, o Kayak, plataforma de pesquisas de preços de passagens aéreas e hospedagens, levantou quais são as principais buscas de voos com origem no aeroporto de Confins, assim como o preço médio das passagens. A metodologia considerou o período de buscas de 7 de novembro a 7 de dezembro para viagens a serem realizadas no período entre 27 de dezembro e 8 de janeiro.

Segundo o levantamento, a principal procura do período é Porto Seguro (BA), com preço médio da passagem de R$1.540, o valor está 50% mais caro em relação a 2019. Salvador (R$ 1.141), Florianópolis (R$ 926), Rio de Janeiro (R$ 719), Vitória (R$ 1.167), São Paulo (R$ 400), Maceió (R$ 1.489), Recife (R$ 1.519) Fortaleza (R$ 1.414) e Natal (R$ 1.581) completam o ranking.

Leia também:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por