Nove em dez consumidores vão aproveitar a Black Friday para comprar presentes de Natal

André Santos
andre.vieira@hojeemdia.com.br
03/11/2021 às 06:00.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:10
 (HD Arte)

(HD Arte)

Uma pesquisa mostra que nove em cada dez brasileiros pretende usar as promoções da Black Friday para comprar os presentes de Natal. O levantamento foi feito pela Conversion – consultoria especializada em e-commerce – junto a 400 entrevistados de todos os Estados do país. A amostragem aponta que 87,5% pretendem ir às compras nesta Black Friday, que acontece no próximo dia 26, última sexta-feira de novembro.

Entre os consumidores que pretendem comprar, 72% preferem usar os meios digitais. Para Diego Ivo, CEO da Conversion e responsável pela pesquisa, a comodidade e a segurança nas compras digitais são alguns dos motivos que contribuem para que os brasileiros optem por realizar as compras on-line na Black Friday.“No último ano, o e-commerce brasileiro cresceu e amadureceu bastante. Com a pandemia, muitos lojistas sentiram a necessidade de migrar para o on-line ou, então, aprimorar as vendas digitais”, destaca Diego. HD Arte / N/A

A preferência de aproveitar as promoções da Black Friday para comprar os presentes de Natal é vista como uma tendência em crescimento entre os consumidores de Minas Gerais. “A Black Friday sempre foi marcada como uma data aonde os consumidores usam para compras pessoais ou para adquirirem itens para casa. Mas, aos poucos, isso está mudando. Os consumidores estão mais dispostos a comprar e aproveitar a data para antecipar os presentes de Natal”, destaca o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), Marcelo Souza e Silva.

Para o dirigente, este movimento dos consumidores deve impulsionar o setor a ultrapassar o volume de vendas alcançado em 2019, com previsão de atingir R$ 2,11 bilhões.

Compras presenciais

Outro movimento dos consumidores que está sendo observado pelos lojistas durante a Black Friday é o fato de muitos compradores usarem os meios digitais para consultar as opções de produtos disponíveis, mas efetivar as compras nas lojas físicas.

Para Alexandre Dolabella França, superintendente da Associação de Lojistas de Shoppings Centers de Minas Gerais (AloShopping-MG), o ponto crucial para a definição de compra vai se dar pelo preço. “Os lojistas já perceberam que o consumidor vai pesquisar mesmo entre o digital e o presencial. Quem oferecer a melhor condição é quem vai fisgar o cliente”, explica. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por