A definição do próximo prefeito de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), que reúne o terceiro maior colégio eleitoral do Estado (427.525 votantes), só ocorrerá no segundo turno.

Com 100% dos votos apurados, a deputada estadual e ex-prefeita Marília Campos (PT) garantiu 41,83% da preferência do eleitorado e vai enfrentar,  no dia 29, o segundo colocado, o advogado Felipe Saliba (DEM), que obteve 18,42%.

A disputa do primeiro turno em Contagem teve 15 concorrentes, mesmo número registrado em Belo Horizonte.

Marília Campos já governou Contagem por dois mandatos, de 2005 a 2013, sendo a primeira mulher a chefiar o Executivo municipal. Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, ela foi reeleita em 2018 para o terceiro mandato. 

Leia mais:

Alexandre Kalil é reeleito prefeito de Belo Horizonte

Em entrevista após reeleição, Kalil não descarta candidatura ao governo de Minas

Vittorio Medioli é reeleito no 1° turno em Betim, sexto maior colégio eleitoral do Estado