Mais de 1 milhão de famílias receberam o Auxílio Emergencial Mineiro, investimento de R$ 614 milhões

Luiz Augusto Barros
@luizaugbarros
29/10/2021 às 09:52.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:09
 (Pexels)

(Pexels)

O Auxílio Emergencial Mineiro, destinado às famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, é uma medida adotada pelo Estado para o enfrentamento à pandemia. Concluído nesta sexta-feira (29), o pagamento contemplou mais de um milhão de pessoas, com investimento de R$ 614 milhões. 

O benefício começou a ser pago há duas semanas às famílias com renda per capita de até R$ 89 por mês inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal em 22 de maio. No último dia de depósito, os moradores nascidos em novembro e dezembro já podem fazer o saque do dinheiro.

Na primeira fase do pagamento, o benefício foi pago ao grupo prioritário, formado por aqueles que não recebem o Bolsa Família e/ou famílias constituídas por mães solteiras. Depois, foi a vez do não-prioritário, concluído hoje.

O auxílio é pago em contas-poupança digitais da Caixa. Quem já a possui, o benefício é depositado automaticamente. No entanto, para aqueles que ainda não têm nenhum vínculo com a instituição, é criada uma conta digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo de celular “Caixa Tem”.
 
As pessoas que ainda não receberam o benefício nesta sexta-feira, devem acompanhar este site, onde serão publicadas informações sobre pagamentos extraordinários para famílias que tiveram problemas no recebimento do benefício.

Recebimento indevido

É importante lembrar que quem recebeu o benefício de forma indevida deve comunicar à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese) pelo e-mail devolucaoauxilioemergencialmineiro@social.mg.gov.br. Neste caso, é necessário informar o nome completo, CPF, NIS, valor recebido e o número da conta em que o dinheiro foi depositado. A partir daí, será gerado um boleto para devolução do valor e enviado para o e-mail de quem fez a comunicação.
 
A denúncia de recebimento indevido do recurso do Auxílio Emergencial Mineiro também pode ser feita no endereço denunciaauxilioemergencialmineiro@social.mg.gov.br. Para que seja apurado pelas autoridades competentes, será necessário incluir o nome do envolvido, município e a descrição da situação.

Veja como foram divididos os gastos por grupo:

  • 572.538 beneficiados, com investimento de R$ 343,5 milhões;
  • 450.989 beneficiados, com investimento de R$ 270,5 milhões;
  • 1.023.527 beneficiados, com investimento de R$ 614 milhões.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por