Refugiado da Somália é principal suspeito de ataque em universidade americana

Estadão Conteúdo
28/11/2016 às 17:42.
Atualizado em 15/11/2021 às 21:51

Autoridades de Ohio estão dizendo que nove pessoas ficaram feridas na Universidade Estadual de Ohio quando um estudante dirigiu em uma calçada e, depois, saiu do veículo para esfaquear pessoas que estavam no local. Segundo a rede de TV americana NBC, o nome do suspeito ainda não foi divulgado, mas funcionários da polícia disseram que ele era um refugiado da Somália de 18 anos, que era residente permanente e legal nos EUA e morava próximo ao campus. Ainda segundo a NBC, a política acredita que o ataque foi planejado.

O chefe de polícia de Ohio, Craig Stone, disse que oito das vítimas estão em condição estável e uma vítima está em estado crítico após o ataque de segunda-feira. As autoridades também disseram que duas pessoas foram esfaqueadas, quatro foram feridas por um carro e outras duas tiveram ferimentos leves. De acordo com Stone, um oficial que estava perto do local por conta de um vazamento de gás disparou e matou o suspeito.
Leia mais:Atirador é morto após deixar ao menos 9 pessoas feridas em universidade de Ohio
Ataques contra a fé alheia sobem 164% em Belo Horizonte
Alunos da Fafich são ameaçados por suposto atirador em postagens na internet

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por