O partido Novo, do governador Romeu Zema, realiza convenção na noite desta terça-feira (1º) para confirmar a candidatura do ex-secretário estadual Rodrigo Paiva na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). A chapa será composta por Patrícia Albergaria, que é formada em medicina pela UFMG.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o evento para oficializar os nomes da sigla ocorrerá pela web. O partido informou que, além de candidatura própria ao cargo máximo do executivo municipal, terá 11 mulheres e 23 homens na disputa para a Câmara de Vereadores. 

Na noite de segunda-feira (31), mais três candidatos foram conhecidos. O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) informou que irá apoiar João Vitor Xavier (Cidadania). A convenção está prevista para o dia 16, em horário ainda não definido.

O pré-candidato se disse honrado com o apoio. "É uma união por ideias, por propostas. Além disso, o PTB tem um número de policiais muito importante no corpo do partido, por isso trouxeram informações essenciais para nosso plano de governo para a segurança pública", comentou.

Oficializado

O empresário Marcelo Souza e Silva (Patriota) e a deputada federal Áurea Carolina (PSOL) foram os primeiros a oficializar as candidaturas. Em convenções ontem, os dois informaram ao TRE que disputam a PBH.

O anúncio da candidatura de Marcelo, que deixará a presidência da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/BH), aconteceu no Mercado Central. Ele estava acompanhado do presidente regional do Patriotas, Hércules Sá, e do deputado estadual Doorgal Andrada, mas outros políticos do partido participaram virtualmente. O candidato a vice ainda não foi anunciado.

Já a deputada federal Áurea Carolina teve o nome confirmado em uma convenção transmitida pelo Facebook do PSOL, contando com a participação de representantes de outros partidos de esquerda. O vice escolhido para a chapa é Leonardo Péricles, do Unidade Popular pelo Socialismo, e líder do Movimento de Lutas nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB).

Atual prefeito da metrópole, Alexandre Kalil (PSD) já sinalizou que vai concorrer à reeleição.

Leia mais:
Em convenções virtuais, partidos oficializam os dois primeiros candidatos à prefeitura de BH