Senadores aprovam relatório final da CPI da pandemia; 78 pessoas são indiciadas

Lucas Sanches
@sanches_07
26/10/2021 às 20:59.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:08
 (Pedro França/ Agência Senado)

(Pedro França/ Agência Senado)

Foi aprovado pelos senadores, na noite desta terça-feira (26), o relatório final da CPI da Pandemia que investigou supostas irregularidades do Governo Federal na condução das ações da Saúde durante a pandemia da Covid-19 no Brasil. A reunião durou quase dez horas, e terminou com a aprovação do texto por 7 votos a 4. 

O relatório final foi produzido pelo relator da Comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Os seis meses de trabalho terminaram com o indiciamento de duas empresas e 78 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), acusado de praticar nove crimes no tratamento da pandemia. Dentre eles, estão: epidemia com resultado de morte, infração às medidas sanitárias e crime contra a humanidade.

Além de Bolsonaro, também foram aprovados pedidos de indiciamento para ministros, ex-ministros, três filhos do presidente, deputados, médicos e empresários, além do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). As empresas VTCLog e Precisa Medicamentos também foram responsabilizadas.

Votaram a favor os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Eduardo Braga (MDB-AM), Humberto Costa (PT-PE), Otto Alencar (PSD-BA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Renan Calheiros (MDB-AL) e Tasso Jereissati (PSDB-CE). Votaram contra Eduardo Girão (Podemos-CE), Marcos Rogério (DEM-RO), Jorginho Mello (PL-SC) e Luis Carlos Heinze (PP-RS). 

No fim da sessão, o presidente da CPI, senador Omar Aziz, anunciou que deve entregar o documento final da Comissão para o procurador-geral da República, Augusto Aras, nessa quarta-feira (27). A última de 64 reuniões terminou com um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da pandemia, que superam os 600 mil brasileiros.

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por