O empresário Vittorio Medioli (PSD) é mais um prefeito reeleito no primeiro turno em Minas, para continuar à frente da administração de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, sexto maior colégio eleitoral do Estado, com 274.500 eleitores.

Com mais de 83% dos votos apurados no município - depois de um atraso inesperado enfrentado pelo Tribunal Superior Eleitoral na contagem de votos -, Medioli aparece com 76,34%.  

A ex-prefeita de Betim Maria do Carmo Lara (PT), principal adversária de Medioli nestas eleições, manteve a segunda colocação na disputa, mas sem percentual de votos suficiente para levar o certame para o segundo turno.

Leia mais:

Moderação e segurança ditam votos na Grande BH