'Hora H'

Dia do Orgasmo: conheça seis alimentos que podem deixar o sexo ainda mais prazeroso

Gabriel Rezende
grezende@hojeemdia.com.br
Publicado em 31/07/2022 às 08:00.

A importância dos alimentos para o sexo não deve ser relativizada, alerta a nutricionista Luanna Caramalac, aproveitando o Dia Mundial do Orgasmo, comemorado neste domingo (31).

Segundo a especialista, a "alimentação influencia diretamente na nossa ação hormonal e consequentemente na libido". Com isso, uma alimentação saudável melhora o desempenho sexual, enquanto um estilo de vida desregrado atrapalha.

A nutricionista recomenda uma alimentação rica em frutas, vegetais, carboidratos complexos e proteínas. Apesar de não haver alimentos "específicos para o sexo", há alguns que podem dar um "boost" devido ao potencial de "vasodilatação" (dilatação dos vasos sanguíneos).

"(Eles) ajudam na produção de óxido nítrico, na nossa função mitocondrial, que consequentemente melhora a libido, mas não adianta comer esses alimentos e o restante da alimentação não ser adequada", adverte a nutricionista.

Confira seis alimentos para melhorar a libido:

Chocolate 70% (ou de maior concentração de cacau, sem açúcar)
Induz a produção de serotonina, neurotransmissor ligado a várias funções do sono, humor e é responsável principalmente pela sensação de prazer.

Chocolate amargo auxilia o desempenho sexual (Pixabay)

Chocolate amargo auxilia o desempenho sexual (Pixabay)

Aspargos
É rico em vitamina B3 (que promove a vasodilatação, melhorando a circulação e a ereção do pênis) e em magnésio (importante para a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar, que é fundamental para a libido).

Amendoim
Por ser uma oleaginosa, é um alimento altamente energético, de alto valor calórico. Também contém grande quantidade de vitamina B3, que colabora para a vasodilatação sanguínea, por isso é relacionado ao aumento da libido e do apetite sexual.

Amendoim promove vasodilatação aumento do desejo sexual (Pixabay)

Amendoim promove vasodilatação aumento do desejo sexual (Pixabay)

Pimenta
Esse condimento também é capaz de promover o desempenho sexual. Os efeitos provocados após a ingestão da pimenta causam reações fisiológicas no corpo, como a elevação da frequência cardíaca e sanguínea e sudorese, muito semelhantes às sensações vivenciadas no ato sexual, fazendo da pimenta um dos alimentos afrodisíacos.

Pimenta é um dos principais alimentos afrodisíacos (Pixabay)

Pimenta é um dos principais alimentos afrodisíacos (Pixabay)

Morango
Além do estímulo visual por sua bela aparência e cor vermelha, é rico em vitamina C, que ajuda na formação e liberação dos hormônios sexuais e aumenta a lubrificação vaginal.

 Morango pode aumentar a lubrificação vaginal (Pixabay)

 Morango pode aumentar a lubrificação vaginal (Pixabay)

Maca peruana
Tem propriedades capazes de aumentar a quantidade de testosterona. São ricas em arginina (que aumenta a circulação sanguínea), e zinco (que aumenta a produção de testosterona).

Leia Mais

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por