Bem-estar

Suplemento de vitamina D não evita fraturas em pacientes com osteoporose, diz estudo

João Paulo Martins
joao.oliveira@hojeemdia.com.br
28/07/2022 às 20:14.
Atualizado em 28/07/2022 às 20:19

Um estudo controlado randomizado feito nos Estados Unidos, financiado pelo governo americano, revela que a ingestão de suplemento de vitamina D, com ou sem cálcio, não gera efeito sobre o risco de fratura em pacientes com osteoporose. Os resultados foram publicados nesta quinta-feira (28), no jornal científico The New England Journal of Medicine.

Segundo os cientistas, o consumo do suplemento não favorece as pessoas com osteoporose e nem aqueles que possuem exame de sangue confirmando deficiência de vitamina D. Mas há exceções, como portadores da doença celíaca (intolerância ao glúten) e de Crohn, que ainda precisam de suplementação do nutriente, assim como pacientes que vivem em condições de insuficiência de luz solar e não adquirem vitamina D suficiente nos alimentos.

O estudo recém-divulgado envolveu 25.871 participantes (homens de 50 anos ou mais e mulheres de 55 ou mais) que receberam diariamente 2 mil UIs de vitamina D ou placebo. Ele faz parte de uma pesquisa maior dos EUA, chamada Vital, envolvendo esse nutriente. 

Segundo a pesquisadora JoAnn Manson, da Escola de Medicina da Universidade de Harvard, nos EUA, líder do estudo Vital, disse ao jornal americano The New York Times, que a pesquisa é importante por envolver uma amostra enorme, formada por milhares de pessoas com osteoporose ou com níveis insuficientes de vitamina D. Isso permitiu que os cientistas determinassem que esses públicos também não foram favorecidos com redução de fraturas.

“Isso vai surpreender muitos. Mas parece que precisamos apenas de quantidades pequenas a moderadas da vitamina para a saúde óssea. Quantidades maiores não conferem maiores benefícios”, comentou a cientista ao jornal.

JoAnn Manson alertou que o estudo não levou em conta se as pessoas com osteoporose ou baixa massa óssea deviam tomar vitamina D e cálcio, juntamente com medicamentos para osteoporose. Os pacientes devem seguir as orientações de seus médicos.

Leia Mais

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por